Manifesto Marcha Mundial da Maconha 2010

Manifesto Marcha Mundial da Maconha 2010

Pelo terceiro ano consecutivo iniciamos os preparativos para a participação de Florianópolis na marcha mundial em defesa da legalização da maconha. Mais que a defesa de uma substância recreativa, esta marcha é um chamado da sociedade civil à reflexão acerca da história milenar desta planta, das suas propriedades terapêuticas, das suas potencialidades econômicas e das razões de mercado que a fizeram ser proibida, causando um prejuízo irrecuperável para a humanidade, além da escala crescente de violência. Marchar pela maconha, é marchar pela PAZ!

Em 2009 vários fatores colaboraram para que Santa Catarina estivesse no mapa mundial da marcha. A mídia refletiu bem o debate das ruas, permitindo amplificá-lo em dezenas de programas. A Justiça se mostrou atenta criando um ambiente estritamente legal, sem impor problemas ao evento. A polícia também se fez presente respeitando o direito de livre expressão, além de garantir nossa segurança. Os manifestantes souberam entender o momento e se expressaram sempre de forma respeitosa. A prefeitura, o governo do Estado, enfim, todos souberam entender a natureza de uma discussão tão importante.

Convidamos novamente a sociedade civil a se organizar, pesquisar, perceber que a marcha da legalização está atingindo o bom senso das nações, não por menos esta é a conclusão da Comissão Latino Americana sobre Drogas e Democracia, da ONU, que possui três ex-presidentes de países da região. A própria Argentina já legalizou no ano passado, a exemplo de vários outros países pelo mundo, como República Tcheca, Portugal, Suíça, Holanda.

A marcha da legalização, por ser a marcha do bem, vencerá mais cedo ou mais tarde. Convidamos todos os formadores de opinião a ajudarem na divulgação deste tema, promovendo debates, matérias e fomentando a data 8 de maio de 2010, quando nos reuniremos as 16 horas no Koxixo’s. Depois caminharemos até o trapiche da Beira-Mar.

Faremos uma manifestação bem humorada, respeitosa, feita para pessoas maduras que defendem uma importante posição social. Agora é  o momento mais estratégico para colocar a cara na rua e mudar a lei. As iniciativas vêm de todos os lados e a pressão popular é a mais importante de todas. Legal é viver, legalize a vida. Falta pouco amigos!

Florianópolis, 30 de março de 2010.

Lucas de Oliveira – Membro Coletivo Marcha da Maconha Santa Catarina

Coletivo Marcha da Maconha Santa Catarina

Instituto da Cannabis

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s