Maconha pode aumentar tempo de vida de Céluas-tronco!

A revista americana “Cell Biology International” vai publicar um artigo dos cientistas do Instituto de Ciências Biomédicas da UFRJ sobre a descoberta deles de que um composto da maconha pode aumentar a eficiência dos transplantes de células-tronco no sistema nervoso. Segundo o artigo, o canabinoide aumentaria a taxa de sobrevivência das células para 45%. Hoje esse índice é de, no máximo,20%.

A análise foi feita com células-tronco embrionárias de camundongos. Segundo pesquisadores, o baixo índice de toxicidade do canabinoide permite o seu uso em testes clínicos.  O composto, inclusive, já é usado nos Estados Unidos para aumentar o apetite de pacientes com câncer. Eles dizem que se comprovarem a segurança do canabinoide em células-tronco embrionárias, podem usá-lo em doenças degenerativas, como o mal de Parkinson, ou em casos de perda de tecido, como lesões na medula. Os pesquisadores acreditam que os resultados seriam melhor monitorados porque nesses casos a perda celular é mais focada.

Perguntados sobre um eventual fracasso do canabinoide, os cientistas afirmam que isso não implicaria na morte do paciente – apenas faria com que sua recuperação não fosse tão rápida como nos casos em que o composto é aceito no organismo. Eles explicam que a partir do momento em que o canabinoide aumenta a sobrevivência celular, é possível combiná-lo com transplantes. A próxima etapa é aplicar o composto na lesão. Isso será feito primeiro em camundongos; se der certo poderá ser testado em seres humanos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s