ENTREVISTA COM MC ELTIN!

Entrevista com Mc. Eltin! Artista que irá se apresentar ao término da Marcha da Maconha de Florianópolis 2012.

DEVEMOS PENSAR NUMA NOVA LEI DE DROGAS, SEM FALSOS MORALISMOS

A Marcha da Maconha de Florianópolis, que se realiza neste sábado no Trapiche da Beira Mar as 16:20 hs, finalizará com  shows de vários músicos , e terá como  principal atração o Mc Eltin.

O músico, reconhecido pelas suas letras potentes e autor da música “País da ganja” (ganja é o termo utilizado pelos rastafáris para a maconha) encontra-se em plena produção do seu novo projeto “Eltin & Smoking Sessions”,  com vários músicos experientes.  Ao finalizar o ensaio conversamos sobre a Marcha, as drogas e seu compromisso com a causa.

Ao falar sobre sua participação na Marcha, declara que é um movimento que está crescendo, mas que ainda tem muitas pessoas que temem represálias e diz:  “ainda tem muito preconceito, temos que debater, levar a serio, a maconha é a droga ilegal mais utilizada no Brasil. Devemos pensar nisso sem falsos moralismos. Com a lei atual se está alimentando o tráfico.”

Ele já sofreu a legislação atual, ficou detido três meses, por ser pego com Maconha para seu uso pessoal. Isso gerou problemas familiares e, comenta: “a ignorância e a desinformação fazem muito mal, afastam as famílias. Eu utilizo para acalmar minha ansiedade, faz-me muito bem, também me ajuda na inspiração, no momento da criação. Temos que repensar as leis, é um assunto serio. A discussão deve acontecer.”

Relembrando o tempo em que começou a escrever sobre a maconha, Eltin conta que foram mais os problemas do que os benefícios, mas que ele acredita na causa: “eu faço minha parte no artístico, trato de divulgar as informações, e estou vendo como os movimentos estão se organizando melhor, com conteúdo, ficando mais  profissionais. Para desarmar o discurso que já demonstrou que não da certo. As políticas de drogas impostas pelos Estados Unidos estão perdendo força.”

Consultado sobre a aprovação de descriminalizar o uso e o plantio de drogas, feita pela comissão de juristas que estão tratando a reforma do código penal, concorda que: “é um avanço, mas ainda falta muito, e que deveria ser o inicio de uma discussão mais profunda, onde o resultado seja o melhor para todos.”

Por ultimo,  faz um convite para participar da Marcha da Maconha neste Sábado em Florianópolis:  “estamos vivendo um momento especial, onde as coisas estão mudando, a democracia vai se consolidando e o movimento esta tendo maior visibilidade. Venham  discutir, estudar, debater. A atual lei de drogas tem demonstrado amplamente seu fracaso. Procuremos uma nova lei de drogas,mais realista, mais humana, que seja melhor para todos.” 

Entrevista feita por:  Alejo Alvarado

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s